segunda-feira

Como identificar plantas perigosas encontradas nos quintais

.
comigo-ninguem-pode

As principais vítimas destas plantas são as crianças. Conheço um caso, por exemplo, de algumas crianças que se “queimaram” ao utilizarem as folhas do conhecido “comigo ninguém pode” para fazer comidinhas de bonecas. Logo, cabe aos pais ou responsáveis identificá-las e levar ao conhecimento das crianças para que as evitem.

O número de plantas tóxicas existentes é muito grande, e várias delas chegam a ser mortais. O mais complicado disso tudo é que muitas dessas plantas são usadas como ornamentos em jardins domésticos, trazendo riscos pra animais e crianças. Conheço algumas delas e entenda o eu podem causar.

Comigo-ninguém-pode

Nome científico: Dieffenbacahia picta Achott 

Essa planta, que está na maioria das casas e parece inofensiva, é muito tóxica. Ela tem cristais de oxalato de cálcio em seu caule e nas folhas. Se mastigada, fere a mucosa da boca e da garganta, provocando inchaço e causando asfixia. Quem tem crianças e bichinhos de estimação em casa precisa ter muito cuidado.




Share/Save/Bookmark

sábado

Extermínio de abelhas por agrotóxicos ameaça sobrevivência da humanidade

.

Tem gente que pode até pensar que, como não gosta tanto assim de mel, este é um fenômeno que não lhe diz respeito ou afeta a sua vida. O que talvez muitos não saibam é que pelo menos três quarto (75%) das culturas do mundo dependem da polinização por abelhas e outros polinizadores para se desenvolver e gerar frutos. Logo, o mel é só um detalhe.

 Já é consenso entre cientistas de todo mundo que a intoxicação dos agentes polinizadores representa uma séria ameaça à produção de alimentos e à própria sobrevivência da humanidade, se algo não for feito, e com urgência, para reverter esta situação.
O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) está investigando o extermínio de abelhas por intoxicação por agrotóxicos em colmeias de São Paulo e Minas Gerais. Os estudos com inseticidas do tipo neonicotinóides devem estar concluídos no primeiro semestre de 2015. Trata-se de um problema de escala mundial, presente, inclusive, em países do chamado primeiro mundo, e que traz como consequência grave ameaça aos seres vivos do planeta, inclusive o homem.
De acordo com o coordenador geral de Avaliação e Controle de Substâncias Químicas e Produtos Perigosos do Ibama, Márcio Freitas, o órgão está reavaliando, desde 2010, vários produtos suspeitos de causar colapsos e distúrbios em colmeias paulistas e mineiras. Segundo Freitas, que integra o Comitê de Assessoramento da Iniciativa Brasileira para Conservação e Uso Sustentável dos Polinizadores, a intoxicação prejudica a comunicação entre as abelhas e isto impede que elas retornem às colmeias, levando ao extermínio dos enxames.
Continue lendo...



Share/Save/Bookmark

quinta-feira

Imagens de uma baleia e seu filhote captadas por um drone. Vale á pena conferir!

.

As imagens foram feitas por um “drone zangão” na Califórnia, captando o deslocamento de milhares de golfinhos, três baleias cinzentas e o ritual de uma jubarte com o seu filhote, em rota de migração.

.

Share/Save/Bookmark

terça-feira

A revolta dos beaglemaníacos, ou a “hipocrisia” dos salvadores

.

O autor fala algo como esquizóide, ou com traços de, o sentimento que vem movendo ou promovendo a grande gama de manifestações de protesto de todo tipo pelo país. Eu acrescentaria uma pouco de desinformação e hipocrisia. 

É o caso emblemático do tal resgate dos cães em laboratório em São Paulo. Este frase/pergunta do autor do texto ilustra muito bem isso: Sabe aquele batom vermelho bonito que embeleza a ativista? Então, será se ela sabe que só está usando com segurança este fetiche graças aos cães que bravamente foi resgatar? 

Porque então não parar de usar toda sorte de produtos de beleza e cosméticos de todo tipo que só se tornaram possíveis graças aos testes em animais? Até a ração ou “biscoitinho” que compra para o seu “pet” em casa só é possível graças aos mesmos cães “heróis”?

E o que falar, ou justificar, sobre a destruição de equipamentos e computadores da empresa no ato da “salvação”?

Parece – mas não é – que sou a favor do sacrifício dos animais para garantir o nosso bem estar. Também, não sou a favor do seu sacrifício para garantir o churrasco do fim de semana ou o cardápio suculento das refeições diárias. Também, não condeno quem faz uso destes produtos. Embora eu não o faça. O que acho é que deveria existir um pouco mais de consciência e menos hipocrisia.
"Muito difícil falar sobre isso, já que os cachorros são o melhor amigo do homem e tocam o nosso coração" - Leilane Neubarth na Globo News
(...) Essa gente boa arrombou o portão do local, invadiu e salvou os Beagles de forma épica. Segundo relato dos invasores do bem, os maus-tratos foram atestados e até um beagle com a língua cortada foi encontrado. Ainda segundo ativistas, havia também 100 ratos no local, entretanto não vimos fotos dos roedores sendo resgatados. Ao que parece, no mundo da proteção animal, cachorros e gatos desfrutam de condição privilegiada. Beagles e Yorkshires, então, estão no topo do ranking.
A ação foi rápida e acompanhada pela imprensa, além de ter sido transmitida ao vivo pela internet. Após o resgate cinematrográfico, nossos heróis ainda destruíram computadores, armários, equipamentos, enfim, coisas materiais, importantes apenas para aqueles cientistas cruéis incapazes de enxergar doçura no olhar de um beagle.(...)

Share/Save/Bookmark

domingo

E por falar em leite...

.

.

Share/Save/Bookmark

sexta-feira

A Europa em alerta com o retorno do uso de lenha nas residências e o aumento da poluição


Embora os riscos sobre o controvertido aquecimento global, sobretudo depois de denuncias de fraudes e outras manipulações nos dados divulgados, quando até a expressão está sendo gradualmente deixada de lado e substituída por mudanças climáticas, que pode não ter nada a ver com as atividades humanas, o fato é que a poluição ambiental e atmosférica faz mal, sim, à saúde das pessoas.

São dados que aparecem pouco na mídia, mas, uma infinidade de doenças é provocada ou agravada pela poluição e seu grande coquetel de elementos químicos nocivos à vida.

Veja tambem: Mortes por poluição – pesquisa FAPESP
 
Diante da grande crise econômica que afeta o mundo, sobretudo, a União Europeia e os EUA, combustíveis mais poluentes como o óleo diesel e carvão, além de praticas antigas que seriam inconcebíveis – e desnecessárias – para as pessoas aqui, no Brasil, como o retorno ao uso de lenha, por exemplo, por ser mais barata que as outras opções, nas residências em países europeus, está, também, na causa do aumento da deterioração ambiental

Logo, embora não se fale muito em crise de União Europeia e seus efeitos perversos na qualidade de vida da população, por aqui, com a mídia dominante que fez a opção de não fazer jornalismo e sim servir de panfleto partidário oposicionista ao governo, fatos assim não serão vistos, jamais em um “Fantástico” ou Jornal Nacional, por exemplo, o que poderia servir também como fator de comparação com a situação local, no país.

Pois, o propósito é filtrar ou selecionar o que podem de coisas ruins para tentar alimentar o “espírito de vira-latas” de muitos, que insistem em continuar considerando que o Brasil é o “o” do mundo, e que os governos Lula e Dilma seriam os responsáveis por isso.

O interessante é que estas pessoas que tiveram suas vidas alteradas e melhoradas nos últimos anos acham que isso se deve a algo, tipo uma “geração espontânea”, ou seja, surgiram do nada.


Share/Save/Bookmark